Dona Maria

Disponível em: tumblr.com

Disponível em: tumblr.com

Acordo e tenho a mesma rotina dos últimos três meses, banho, me visto, tomo café, pego as chaves, levo para trabalhar, trabalho, almoço, pago conta, resolvo problemas, chego em casa, janto, mexo no celular, durmo.  Esta pode ser à base de muitas rotinas que vivemos e observamos durante o dia. A quão automática está a sua vida? A quão menos humanizada está ela? Às vezes, tudo que precisamos, é de uma dona Maria em nossas vidas.

Aquele parecia ser um dia como outro, acordei, banhei, me vesti, bebi um café, peguei as chaves, fui ao serviço, e ai fiquei sem carro, algo que não era parte da minha rotina, mas nada que fosse mudar meu dia (pensei), resolvi algumas coisas, peguei o ônibus. Lá estou eu, como já estivera a algum tempo atrás, sempre com meus fones, sentada olhando para  a janela, perdida nas preocupações de minha vida. Não muito tempo depois ao meu lado senta uma senhorita, com a aparência desgastada de trinta e poucos anos, mas de um olhar bondoso e sorriso meigo.

Percebo então em minha visão periférica que ela me observa, em um segundo que eu lhe olho, ela sem vacilar, começa a mudar o meu dia.

“Nossa, estou tão cansada, já venho de duas noites no Hospital Regional, meu bebê machucou sua mão, está a 2 dias  esperando por uma cirurgia…”  Disse esta senhora que agora nomeio como Dona Maria.

Fiquei meio sem reação (uma prova de que estou desacostumada com este tipo de comunicação espontânea). Retirei meus fones, me acomodei de modo que pudesse vê-la e lhe dei minha atenção.

Dona Maria, estava com seu filho de 18/19 anos internado, por ter caído e quebrado a mão, necessitava de cirurgia, lá ela viu historias terríveis, e me contará todas, sempre me olhando e dizendo: “Minha filha, temos que agradecer muito, por tudo que temos…” Seus problemas não estavam somente lá, ela estava com outro filho acamado em casa, por uso de anabolizantes, e em meio a isto tudo, ainda arranja tempo para dar assistência aos dois, cuidar da casa, do marido e do trabalho, e ainda assim me diz: “Não reclamo, temos que viver e agradecer por tudo, poderia ser pior, poderia não ter eles comigo…”.

Em meio a uns 10 min que era o trajeto até meu ponto, dona Maria me contou varias historias, e sempre com um sorriso ao mostrar o lado bom de cada situação. Muitas pessoas são como dona Maria, com seus problemas, dando conta de cada um deles sozinha, e que mesmo que isto seja difícil ou ruim ela vê o lado bom, e faz questão de passar isto para as pessoas, mesmo que seja involuntariamente, como fez comigo. Sinto agora, como se fosse uma corrente ao qual eu deveria continuar, assim como ela entrou no meu dia e me trouxe um aprendizado eu deveria fazer o mesmo independente de que forma seja. Eu precisei de uma Dona Maria em minha vida, para levantar minha cabeça e olhar ao meu redor melhor talvez a Maria do meu lado, o João do outro, a Joana na rua, precise de uma Maria no seu dia e eu posso ser ela.

Muitas pessoas usando de palavras para machucar, para ofender, eu uso estas para repassar um aprendizado, e tornar talvez, este mundo mais humano. Despedi-me de Dona Maria desejando melhoras aos seus filhos, e tudo de bom pra ela, ela com um sorriso largo me disse, “Tudo em dobro filha, vai com Deus”.



V11329742_1133103213366527_5494975644151229515_niviean Rosalves, academica de Jornalismo na UFT (Universidade Federal do Tocantins), 18 anos, extremo interesse pela justiça na sociedade. Acredita no utópico.



Anúncios

Um comentário sobre “Dona Maria

  1. O fato já aconteceu com outras pessoas também (inclusive comigo), mas alguém escrever com tanta precisão esse acontecimento simples torna o texto fantástico. Porque não damos importância para as pessoas ao nosso redor, então achamos que nossos problemas são maiores. E, claro, a rotina nos deixa cegos exatamente como citado.
    Identifiquei-me com esse texto e tenho certeza que outros leitores também.
    Parabéns.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s