Imperfeição

Concluí que não importa o quanto cresçamos, seremos sempre crianças. Crianças tolas, mimadas, inconformadas, cheias de vontades, cheias de sonhos, cheias de respostas e soluções. Concluí que não importa o quão maduros nos tornamos, sempre choraremos por dores bobas, dores fúteis, choraremos sem motivos, e não nos envergonhamos por isso. Não sentimos vergonha por chorar, por ser inconsequente, por fazer birra quando queremos algo, por ser ingênuos e acreditar na bondade das pessoas mesmo quando não praticada. Não nos envergonhamos pois somos apenas crianças.

Foto desenho Ana Vitória R. Cunha

Foto desenho Ana Vitória R. Cunha

Queremos ser livres, essa é a verdade. E essa tal liberdade não é a mesma pra todo mundo. Para muitos, ser livre significa se prender, quem pode julgar? Queremos ser livres pra decidir, e muitas vezes a decisão parte de outras pessoas. Queremos ser livres, mas em meio á tanta liberdade, tememos ser soltos demais. Acho estranho. Ultimamente tenho sido assombrada pelo desejo genuíno de criança de ser dona de si. Desejo de simplesmente ir, sem satisfação, sem um bilhete de partida, sem um adeus, sem bagagem, sem culpa, e acima de tudo, sem medo.

Pois tenho sido assombrada por sonhos distantes. Por desejos loucos. Tenho sido assombrada por mim, por não conseguir me conter em mim mesma. Por não conter meu desejo  de verdadeira liberdade em segredo. E por isso, transbordo vez por outra. Explodo. Entro em crise. Entro em transe.  Quem pode julgar? Essa sou eu, transbordando em minha loucura. Essa sou eu, tomando a minha dose extra das consequências que acompanha quem eu sou.

Essa sou eu, apenas eu e ninguém mais. A criança boba cheia de vontades, a constantemente errada, a exagerada, a sonhadora. Essa sou eu. Dê seu jeito de lidar com isso.



Texto de Flavia Caixeta. Acadêmica de Jornalismo flaviana Universidade Federal do Tocantins. Cronista do Correio Tocantinense. Gosta de ver a vida da melhor forma possível.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s